Ponta da Praia é alvo de bandidos

 

Após inúmeros casos de assaltos no bairro do Marapé, agora é a vez da Ponta da Praia passar por problemas de insegurança. Durante a sessão do dia 4 de junho, o vereador Rui De Rosis trouxe à plenário o relato de moradores do bairro sobre os frequentes casos de assaltos.

Segundo De Rosis, os marginais atuam livremente na Ponta da Praia. Eles agem em bicicletas, em plena luz do dia, em especial nas proximidades de comércios, agindo de forma violenta e roubando cordões e pulseiras de ouro, relógios e celulares.

“Estamos perto do caos da segurança pública. A cidade está cada dia mais perigos e violenta. A polícia nos abandonou, pois não tem um contingente condizente com o tamanho da cidade”, afirmou o vereador, solicitando ao Comando do 6º Batalhão da Polícia Militar do Interior e à Secretaria de Segurança Pública a intensificação do policiamento da região.

Os casos tem ocorrido em sua maioria em toda extensão da Avenida dos Bancários e ruas transversais, mas os marginais também agem na avenida da praia, canais 6 e 7, Rua Jurubatuba, Praça Rebouças, entre outros pontos.

“O Deputado Paulo Correa disse na Assembleia esta semana, que Santos terá um maior contingente aos finais de semana. Mas o nosso problema é também nos dias de semana, é no dia a dia. Precisamos de coragem no enfrentamento. Não podemos ficar a mercê desses vagabundos”.

 

3 respostas

Os comentários estão fechados.